domingo, 20 de setembro de 2020

Regresso

Olá! Cá estamos de regresso ao trabalho.

Depois de seis longos meses voltamos à escola. Voltamos com novas regras. Do seu escrupuloso cumprimento todos beneficiaremos, em termos de saúde e de bem-estar. Vamos cumprir todas as normas, nomeadamente as sanitárias, com empenho e responsabilidade. Este ano, mais do que nunca, precisamos que tudo decorra bem. 

Que seja um bom ano letivo para todos.


domingo, 2 de agosto de 2020

segunda-feira, 29 de junho de 2020


Festa de S. Pedro
Em muitos concelhos de Portugal, o dia 29 de junho é feriado municipal, mas a animação popular, devido à pandemia Covid-19, foi confinada e este ano o cenário é diferente…
No entanto, a Igreja celebra-o e desde o século III que une na mesma solenidade os Apóstolos S. Pedro e S. Paulo, as duas grandes “colunas” da Igreja.

A Pedro, pescador da Galileia, Jesus disse: “Tu és Pedro e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja”.
Paulo, nascido em Tarso, duma família judaica, não pertenceu ao número daqueles que, desde o princípio, conviveram com Jesus. Perseguidor dos cristãos, a caminho de Damasco, converte-se no ano 36, tornando-se Apóstolo apaixonado de Cristo. Ao longo de 30 anos, anunciará a doutrina de Jesus com as suas Cartas, às comunidades cristãs. Foi o promotor da expansão missionária, abrindo a Igreja às dimensões do mundo.
Pedro e Paulo, figuras muito diferentes, viveram e testemunharam a mesma fé, a mesma doutrina, que liberta e dignifica toda e qualquer pessoa.

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Aristides de Sousa Mendes
Há 80 anos Aristides de Sousa Mendes, Cônsul português em Bordéus, concedia, desobedecendo às ordens de Salazar, milhares de vistos que possibilitaram a milhares de mulheres, de homens e crianças, muitos deles judeus, a fuga para Portugal e daí para um destino de liberdade. Aristides chegou mesmo a dar ordem aos consulados de Toulouse e Bayonne para que assinassem os vistos. Deslocou-se a Bayonne e continuou, na rua, junto à fronteira de Hendaye, a tarefa hercúlea de atribuição de vistos.
Esta não é uma história para esquecer, é sim uma história para contar. Para mostrar que o ato de consciência de Aristides de Sousa Mendes é um exemplo de luta contra a discriminação e de afirmação de valores de liberdade e solidariedade.
A Direção-Geral da Educação presta homenagem a Aristides de Sousa Mendes e desafia as escolas a associarem-se a esta comemoração, divulgando junto dos alunos esta figura única na História de Portugal e promovendo uma consciência e uma atitude critica de exercício de cidadania.